segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Obrigada meu Deus

Depois de muito tempo, tô passando bem rapidinho pra dizer q estou muito feliz, e que as bençãos do Senhor na minha vida têm se multiplicado a cada dia.... E é por esse motivo que serei eternamente grata pelo amor de Deus!!!

 Te Amo meu Senhor Jesus, obrigada por tudo....

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A dor que dói mais






Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, dóem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Dóem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.
Martha Medeiros

Tire-o da cabeça


Você estava apaixonado por alguém e levou um fora. Acontece mais do que acidente de avião, desastre com romeiros e incêndio na floresta. Corações partidos é o grande drama nacional. O que fazer? Ainda não lançaram um manual de auto-ajuda que consiga eliminar nossa fossa, e dos amigos só podemos esperar uma frase, repetida à exaustão: tire esse cara da cabeça. Parece fácil. Mas alguém aí me diga: como é que se tira alguém de um lugar tão cheio de mistérios?

Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto: não gosto mais dele, não quero mais saber daquele prepotente, desapareça, um, dois e já!

Parece que funcionou. Você sai na rua para testar. Sim, você conseguiu: olhou vitrines, comeu um sorvete e folheou duas revistas sem derramar uma única lágrima. Até que começa a tocar uma música no rádio e desanda a maionese. Você não tirou coisa alguma da cabeça, ele ainda está lá, cantando baixinho pra você.

Táticas. Não ficar em casa relendo cartas e revendo fotos. Descole uma festa e produza-se para matar. Você bem que tenta, mas nada sai como o planejado. Os casais que se beijam ao seu lado são como socos no estômago. Você se sente uma retardada na pista de dança. Um carinha puxa papo com você e tudo o que ele diz é comparado com o que o seu ex diria, com o que o seu ex faria. Chamem o EccoSalva.

Livros. Um ótimo hábito, mas em vez de abstrair, você acha que tudo o que o escritor escreve é para você em particular, tudo tem semelhança com o que você está vivendo, mesmo que você esteja lendo sobre a erupção do Vesúvio que soterrou Pompéia.

Viajar. Quem vai na bagagem? Ele. Você fica olhando a paisagem pela janela do ônibus e só no que pensa é onde ele estará agora, sem notar que ele está ali mesmo, preso na sua mente.

Livrar-se de uma lembrança é um processo lento, impossível de programar. Ninguém consegue tirar alguém da cabeça na hora que quer, e às vezes a única solução é inverter o jogo: em vez de tentar não pensar na pessoa, esgotar a dor. Permitir-se recordar, chorar, ter saudade. Um dia a ferida cicatriza e você, de tão acostumada com ela, acaba por esquecê-la. Com fórceps é que a criatura não sai.
Martha Medeiros

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Quero;



Alguém que me olhe nos olhos quando falar comigo... Que antes de dormir, pense em mim quando eu estiver ausente e quase não consiga pegar no sono. 
Quero alguém que não me deixe ir, quando por medo, eu tente fugir do amor. Alguém que me convença de que vale a pena se entregar. Eu quero alguém que me veja como único ser que deseja... Que goste das minhas palhaçadas e que ria delas comigo... 
Alguém que me leve café na cama, mas não sempre, para assim eu ter a oportunidade de surpreender também... Alguém que não acredite que já conquistou tudo em mim... Mas que se dedique a me conquistar um pouco a cada dia. 
Alguém que me dê pequeninos presentes, mesmo que sejam um simples bombom, não importa! Que me mande um cartão, um torpedinho no celular, um email ou faça uma surpresa, sem precisar esperar uma data especial, mas que faça simplesmente porque se lembrou de mim com carinho.
Quero alguém que alugue filmes ou compre um disco ou livro para ver, ouvir ou ler comigo só para ficarmos juntos! Eu quero alguém que me beije extrapolando o simples verbo beijar...
Quero alguém que faça amor comigo sempre como se fosse a primeira vez e como também fosse a última... Que ache uma delícia me ver sorrindo. Alguém que me faça rir quando eu estiver triste ou abatida e que não me deixe desanimar, nem lamentar perdas ou fracassos eventuais...
Alguém que programe de vez em quando os nossos fins de semana, os nossos feriados ou férias. Quero alguém que acredite em mim, me dê força, que me ache a pessoa mais corajosa do mundo, mesmo que eu não seja! Alguém que me admire e que me diga isso, nem que seja num olhar ou num gesto.
Quero alguém que me acorde no meio da madrugada me beijando, acariciando. Alguém que brinque com o meu cabelo e que me faça cafuné na hora de dormir... 
Quero alguém que admita que precisa de cuidados, que me peça massagem nas costas ou carinho quando sentir vontade. Alguém que me abrace, me beije e me toque, sem sentir vergonha  na frente de um milhão de pessoas...
Alguém que abra os braços quando se encontrar comigo, mesmo que a gente tenha se separado há apenas uma hora... Que se despeça de mim mesmo com um beijo ou carinho mesmo que seja para ir comprar pão na padaria... Que escreva bilhetes de amor e coloque nos lugares mais inesperados só para eu achar e me sentir amada.
Quero alguém que me pergunte como foi o meu dia e que me fale como foi o seu e que me envolva naturalmente nas coisas que faz e as queira compartilhar comigo.
Alguém que seja capaz de pedir desculpas quando reconhecer que errou e que também que seja capaz de perdoar os meus erros. Que me chame para dançar juntinho lá no meio da sala com aquele som bem baixinho, as canções que mais gostar. 
Quero alguém para conversar comigo sobre qualquer coisa, mesmo que seja sobre a quadratura do ovo, o sexo dos anjos gnomos ou a vida em Plutão e os discos voadores...
Que seja capaz de falar de coisas profundas ou conversar abobrinhas, sem preocupação de quem está certo ou errado... Só pela companhia um do outro.
Quero alguém que não durma enquanto eu não chegar... Que me ligue sem se sentir obrigado, mas que diga: "Obrigado meu amor por você existir e por estar sempre ao meu lado!"  Alguém que cuide de mim, das minhas coisas, das nossas coisas, simplesmente porque se sente feliz com essas atitudes, e nunca por qualquer obrigação. 
Quero alguém que ande de mãos dadas comigo, morrendo de orgulho (sempre)... Alguém que me aperte para me esquentar naquele frio... Alguém que faça o melhor amor do mundo a cada noite, a qualquer hora, mesmo que esse amor seja apenas ficar abraçadinho comigo e me fazendo carinho ou me dizendo coisas que me façam sentir a mulher mais especial do mundo...E queira que esse momento nunca acabe!
Quero alguém que se lembre da primeira palavra que eu disse quando me conheceu... Que roube a minha foto 3x4 na carteira, mesmo depois de estarmos juntos há muitos anos. Alguém que goste das coisas simples da vida.
Alguém que acredite que a vida tenha nos unido para que possamos fazer o outro se sentir ainda mais feliz! Enfim, eu quero alguém que valorize cada ruga que surgir no meu rosto... Alguém que não esqueça dos olhares e sentimentos que nos aproximaram... E que não esqueça que não foram simplesmente os nossos corpos que se apaixonaram, mas também os nossos corações que conseguiram enxergar além do que os olhos se limitam a ver...

Eu quero alguém para chamar de “meu homem”, não pelo sentimento de posse, mas pela certeza de que ele é o meu amor, e que estará sempre ao meu lado!

Natália M. Ribeiro

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Bom Diaaaaaaaaa!!!!



"Sempre é tempo de recomeçar. Em qualquer situação podemos abrir novas portas, conhecer novos lugares, novas pessoas, ter outros sonhos. Renovar o nosso compromisso com a vida e assim, renascer para a vida e alcançar a felicidade. Não importa quem te feriu, o importante é que você ficou. Não interessa o que te faltou, tudo pode ser conquistado. Não se ligue em quem te traiu, você foi fiel. Não se lamente por quem se foi, cada um tem seu tempo. Não reclame da dor, ela é a conselheira que nos chama de volta ao caminho. Não se espante com as pessoas, cada um carrega dentro de si, dores e marcas que alteram o seu comportamento, ora estamos felizes e transbordamos de alegria e paz, ora estamos melancólicos e só queremos ficar sozinhos... O mundo está cheio de novas oportunidades, basta olhar para a terra depois da chuva. Veja quantas plantinhas estão surgindo, como o verde se espalha mais bonito e forte depois da tempestade. As portas se abrem para os que não tem medo de enfrentar as adversidades da vida, para os que caíram, mas se levantam com o brilho de vitória nos olhos. Todo o caminho tem duas mãos, uma que seguimos ainda com passos inseguros, com medo, porque não sabemos ainda o que vamos encontrar lá na frente, na volta, mesmo derrotados, já sabemos o que tem no caminho, e quando um dia, resolvemos enfrentar os nossos medos e fazer essa viagem novamente, somos mais fortes, nossos passos são mais firmes, já sabemos onde e como chegar ao destino, o destino é a vitória, o seu destino é ser feliz, eu creio nisso, e você? Você está pronto para recomeçar? O caminho está a tua espera, pé na estrada, coloque um sonho na alma, fé no coração e esperança na mochila, a vida se enche de novidades para os que se aventuram na viagem que conduz a verdadeira liberdade."

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Padre Fábio de Melo





Como é que você reage às quedas que sofre na vida?
Como é que você administra os fracassos?
Não há receitas mágicas que nos façam vencer os obstáculos.
Mas ouso dizer que há um jeito interessante de olhar para as quedas que sofremos.
É só não permitir que elas sejam definitivas.
É só NÃO PERDER DE VISTA A PRIMAVERA QUE O OUTONO PREPARA..
Administre bem os problemas que você tem, não permita que o contrário aconteça.
Se você não administrá-los, eles administrarão você.
Deus lhe quer vencedor, a vitória já está preparada feito o presente que está embrulhado
e que precisa ser aberto. Não perca tempo!
JÁ COMEÇOU VENCER AQUELE QUE SE LEVANTOU PARA RECOMEÇAR O CAMINHO.

sábado, 10 de setembro de 2011

Boa tarde!!!


Olá amores, demorei mas voltei!!! 
Depois de tantos dias sem nenhuma postagem, volto com força total e quero contar para vcs as novidades em minha vida....então vamos lá....Estou trabalhando o dia todo agora e fazendo cursinho preparatório para concurso à noite, affff, uma correria doida, está sendo muito cansativo mais tenho certeza de que valerá a pena o meu esforço, se não der pra eu passar no concurso, valerá a experiência....Conheci novos amigos novos lugares, novas danças, novas músicas, novos prazeres e até quem sabe um novo amor hummmmm??!!!Isso é bom heim?!!!rsrsrs... Nos finais de semanas tenho aproveitado bastante com pessoas especiais e que estão se fazendo importantes na minha vida, pessoas essas que me divertem e que me fazem ver a vida de uma outra maneira, uma maneira mais simples porém não menos importante...Tenho aprendido a reconhecer os meus erros olhando e vivenciando de muito perto os erros de outras pessoas tão próximas a mim, e isso tem sido maravilhoso porque pude ver o quanto tenho que mudar... 
No mais amore é isso, estou muito feliz, coraçãozinho não está mais apertado, pelo contrário está ótEmoooo...


Bom fds pra todos....
bjus, bjus, bjus....

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Garçon





  Uma dose de amnésia e duas de desapego por favor.
 - Vai uma de amor também?! - Não, não. Deixa pra outro dia.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Pipoca ou Piruá

Recebi esse texto da minha amiga Ludy que fez questão de destacar algumas partes importantes...
Ludy vc tá sendo mais que uma amiga, não canso de falar que EU TE AMO e que és muito importante pra mim...Obrigada pelos conselhos, pelos puxões de orelha na hora em que preciso, pelas muitas risadas juntas na hora em que te conto das minhas travessuras rsrs... Nega do meu coração....

Então vamos ao texto...
                                     
                                          Pipocas da vida


Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre. 
Assim acontece com a gente. 
As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. 
Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.  São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. 
Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo. 
O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor. 
Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. 
Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos. 
Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! 
Sem fogo o sofrimento diminui.
Com isso, a possibilidade da grande transformação também.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou:
vai morrer. 
Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. 
Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. 
A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. 
Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM! 
E ela aparece como outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado. 
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. 
São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.
Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. 
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.
No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira.
Deus é o fogo que amacia nosso coração, tirando o que nele há de melhor! Acredite que para extrairmos o melhor de dentro de nós temos que, assim como a pipoca, passar pelas provas de Deus. 
Talvez hoje você não entenda o motivo de estar passando por alguma coisa... 
Mas tenha certeza que quanto mais quente o fogo, mas rápido a pipoca estoura.



quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Bom Diaaaaaaaa!!!




Hoje acordei com uma vontade louca de desejar um BOM DIA bem gostoso pra todo mundo, para todos os elementos da natureza, como nos desenhos animados quando um personagem acorda feliz e começa o dia cumprimentando o Sol, as flores, os animais, e assim o fiz, fui pro hospital ficar com meu avozinho e a primeira a ouvir o meu animado e gostoso BOM DIA foi a minha linda Nininha, depois dela todas as pessoas que passaram por mim entre enfermeiras, médicos, o pessoal da limpeza, porteiros, acompanhantes e, etc, etc, ouviram o meu entusiasmo ao dizer BOM DIA!!! Queria ter desejar  pra vocês aqui do blog também, mas não teve como, mais desejo uma BOA TARDE  com a mesma alegria...


Amanheci vendo tudo mais colorido, mais feliz, será porquê???? rsrsrsrs... Os motivos são maravilhosos, mais o melhor de tudo é que tô feliz, leve, com uma sensação gostosa no coração, me sinto novamente com prazer em sair do lugar....Não consigo ainda descrever com palavras o que sinto, mas é como se tivesse em minha frente um piano saindo dele uma linda melodia com notas que me alegram e que me dão forças pra viver...



Também me sinto com vontade dançar embalada ao ritmo da música que a vida tá tocando pra mim,   vontade de cantar também, músicas animadas...
 Fazer igual o nosso amigo Gustavo Lima

":..Dançar, pular, Que hoje vai rolar...O Tche Tche Rere Tche Tche Rere..."



Nat

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Limpeza geral!!!



Demorei, fui teimosa, tive esperanças, esperei, prometi coisas na hora do desespero que sei que eu não cumpriria,tive medo, me iludi, chorei, deixei de fazer coisas que me fazem feliz, MAS hoje acordei bem cedinho e comecei a fazer uma limpeza geral, passar um pente fino nas minhas gavetas, no computador, na minha memória pois agora só quero me lembrar com felicidade das coisas boas, mais a limpeza maior vai ser no coração vou juntar esses sentimentos, guardar em uma caixinha bem fechada e colocar dentro do congelador bem lá no fundinho, e começar a colocar muitas coisas na frente para dificultar a visibilidade e para que eu não caia na tentação de querer mexer.
Confesso que me veio um ceto alívio, o coração começa a ficar mais leve, com pensamentos mais positivos sobre a minha vida, as palavras foram duras mas me fizeram acordar, ver que realmente tudo que passei, foi maravilhoso mas que não podem voltar, as marcar as lembranças e aquilo que foi prometido ser eterno não poderei apagar, vou apenas ignorar, deixar minha vida seguir em frente. Pois chegará um dia que nem me lembrarei do que passou, e verei que o as lembranças não poderão mais me ferir, pois ficou pra trás longe de onde estarei...Levo comigo somente a experiência de mais uma história vivida intensamente....

Feliz!!!

Nat


segunda-feira, 15 de agosto de 2011



Não me importa o quanto eu tentei  e deu errado, não me importa o quanto eu confiei e quebrei a cara, não importa quantas vezes eu investi numa viagem perdida, não importa se eu tive  que andar na chuva, muito menos as vezes que meu coração foi partido...

As coisas simplesmente acontecem! O importante é não se arrepender de nada, viver cada dia, arriscar e ter a certeza que para cada lágrima que eu derrameei hoje, vão ter duas gargalhadas de perder o ar amanhã, algumas pessoas vão me amar pelo jeito que sou, e outras, vão me odiar pelo mesmo motivo!



Ilusão





Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém.

John Lennon

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Eu quero. Eu consigo!!!

Oi queridas, estou muito feliz pelo blog que está crescendo...


Não estou tendo muito tempo pra postar, mas hoje resolvi deixar um pouquinho desse tempo livre para que eu pudesse contar as grandes mudanças e novidades que estão acontecendo na minha vida, passei por dias muito tristes, que cheguei a quase desacreditar no amor, em Deus e na vida, esses dias de tristeza se prolongavam e eu pensei que nunca iam se findar, a dor era tão grande que chegava sufocar, mas hoje depois de tanto pensar, depois de tanto clamar a Deus resolvi sair do lugar que limitava a minha visão, resolvi olhar pra frente e enfrentar a realidade com confiança em mim mesma e principalmente em Deus, pois é Ele quem está me apoiando  me orientando e confortando, é Ele quem está com as mãos em meu coração e é por isso que tenho a certeza que tudo ficará bem, pois sei que o meu Deus jamais falhou, que todos os meus pedidos serão atendidos e as minhas promessas cumpridas...

Hoje tudo em minha vida é diferente, os pensamentos que antes eram de uma "garotinha" que sonhava com um final feliz igual aos de contos de fadas, agora são de uma mulher que acredita que existem sentimentos e pensamentos diferentes, que confia, que quer de volta aquele amor verdadeiro e recíproco.

O coração que antes ardia de ciúmes, hoje arde de saudades, mas também de amor, esperança e confiança.
O tempo,! Ah esse é o melhor... O tempo que antes era ocioso e triste,tempo de espera para que as horas passassem e nada tinha a planejar.  Hoje as 24 horas do dia parecem ser tão poucas diante tantas coisas que tenho a fazer, a aprender, a escolher. O tempo tem sido um grande e perfeito professor em minha vida, pois aprendi a enxergar os meus erros e me arrepender por eles, tem me feito perceber que os meus sentimentos e o amor que sinto é mais verdadeiro e intenso do que eu poderia imaginar...

E o danadinho desse tal de TEMPO tem me feito amadurecer, tem me feito a lutar pelos meus objetivos, a lutar por aquilo que eu acredito, por aquilo que eu espero e quero pra minha vida, tem dias que a vontade é tanta que o tempo passe bem rapidinho para que esses objetivos se tornem realidade, para que as bençãos do meu Senhor se cumpram. Mas tem alguns dias que a vontade de desistir de lutar, de querer, de amar também aparece, bate aquela tristeza, uma dúvida, mas sempre quando isso acontece me ajoelho e os meus pedidos de forças a Deus não cessão e é nessas horas que desfruto da plenitude da benção do Senhor é nessas horas que sinto a presença dEle...


Então é isso amadas, vocês já sabem, estou um pouco ausente por falta de tempo e sempre que der uma folga dou uma passadinha por aqui pra contar mais novidades,  e  daqui uns dias postarei com a maior  alegria do mundo que o meu primeiro objetivo foi alcançado, pois estou "correndo" atrás, buscando e lutando para que isso aconteça. E depois do primeiro os "outros" virão também....


bjkas a todas....


Nat

sábado, 6 de agosto de 2011

Restituir



Os planos que foram embora
o sonho que se perdeu
o que era festa e agora
é luto do que já morreu
não podes pensar que este é teu fim
não é o que Deus planejou
levante-se do chão erga um clamor

restitui, eu quero de volta o que é meu
sara me, e põe teu azeite em minha dor
restitui, e leva me às águas tranquilas
lava-me, e refrigera minh'alma
restitui

Os planos que foram embora
o sonho que se perdeu
o que era festa e agora
é luto do que já morreu
não podes pensar que esse é teu fim
não é o Deus planejou
levante-do chão erga um clamor

restitui, eu quero de volta o que é meu....

e o tempo que roubado foi
não poderá se comparar
a tudo aquilo que o senhor
tem preparado ao que clamar
creia por que o poder de um clamor pode ressuscitar
restitui... eu quero de volta o que é meu...


Ministério Toque no Altar
http://www.vagalume.com.br/ministerio-toque-no-altar/restitui.html#ixzz1UIf4yz00

Deus de Promessas




Mensagem: Tu és o Deus que jamais falhou
Tu és o Deus que não pode mentir
Tu cumpristes as Tuas promessas
na vida de Abraão, de Isaque, de Jacó
E eu sei que o Senhor cumprirá também
as suas promessas na minha vida
Eu sei que os teus olhos estão em mim Senhor


Sei que os teus olhos
Sempre atentos permanecem em mim
E os teus ouvidos
Estão sensíveis para ouvir o meu clamor

Posso até chorar, mas a alegria vem de manhã
És Deus de perto e não de longe
Nunca mudastes, Tu és fiel


Deus de aliança, Deus de promessas
Deus que não é homem pra mentir
Tudo pode passar, tudo pode mudar
Mas tua palavra vai se cumprir.

Posso enfrentar o que for
Eu sei quem luta por mim
Seus planos não podem ser frustrados
Minha esperança está
Nas mãos do grande EU SOU
Meus olhos vão ver o impossível acontecer.


Mensagem: Podem passar os dias
Podem passar os anos
Confia no amado
Ele trabalha para aqueles que nele esperam
todas as palavras que Deus disse se cumpriram
e assim será na sua vida meu querido
Mas quem sabe você não está vendo?
Na verdade você não precisa ver
o que você precisa é crer, porque Ele fará
Toda promessa passa pelo teste do tempo
Ele está provando teu coração
Ele está forjando o teu caráter
Para que você desfrute da plenitude da benção do Senhor
Saia do lugar que limita tua visão
olhe pro céu levante as suas mãos e cante


Deus de aliança, Deus de promessas
Deus que não é homem pra mentir
Tudo pode passar, tudo pode mudar
Mas tua palavra vai se cumprir.

..Obrigado Senhor, obrigado pela Tua fidelidade !
Fernandinho

http://www.vagalume.com.br/fernandinho/deus-de-promessas.html#ixzz1UIaKCFmv

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Foi só um susto!!!

Ufaaa!!!! Ontem esse coraçãozinho aqui me passou us susto danado. Ao me deitar comecei a sentir uma dorzinha no peito acompanhada de um formigamento no braço esquerdo, essa dor foi aumentando e chegou a um ponto que não mais consegui aguentar, chamei a mamãe rsrsrsr, tadinha tava um friooo horrível, ela então me ajudou a me vestir e fomos correndinho para o hospital.... 
Chegamos lá por volta de 00:30 o médico demorou pra me atender e quando enfim me atendeu,  fez várias perguntinhas e como o histórico da minha família é de pessoas cardíacas logo me examinou, passou alguns medicamentos, entre eles um calmante horrível, e uma agulhadinha na veia, essa foi difícil, a enfermeira não conseguia encontrar uma veia boa e deixou o meu braço e minha mão roxa e dolorida, depois da 5ª tentativa enfim aplicou a remédio contra dor, não bastando tudo isso fui de urgência para uma salinha fria e isolada onde fiz um eletrocardiograma para ver como está esse coração apertado rsrs.... Tivemos que repetir o precedimento por 3 vezes pois as duas primeiras tentativas o coração tava acelerado, eu estava muito assustada com aquela sala cheia de aparelhos me vinha na memória minha vózinha ligada aos mesmos aparelhos que tinha lá, eu estava tremendo pois o frio tava muito e as enfermeiras pareciam não estar afim de trabalhar, tive q tomar mais calmante para que enfim o exame desce certo... 
Tive que esperar a paciência do médico pra falar sobre o exame, quando ele me chamou me disse que o meu coraçãozinho está OTÉMOOOO rsrs e que essa dor pode ser ansiedade, nervosismo, stress, cansaço, aff (quase falei pra ele que eu tinha que ir então era para o "Fazendão" rsrsrs)... 
Mas mesmo estando tudo bem o médico falou pra eu procurar rápidinho um cardiologista para fazer todos os exames necessários, cheguei em casa 03:20, a dor no braço não mais sentia mas aquela dor no peito ainda me incomodava muito, não consegui pregar o olhos a noite toda...Fui trabalhar e a dor no braço, no dorso lombar  e no peito ao respirar e fazer movimentos rápidos me atrapalhou o dia todo... Agora a dor tá menor mas se voltar intensa como estava tenho que correr para o hospital de novo...Marquei  o cardiologista e tenho certeza que não será nada de mais, se Deus quiser....


Só um aviso: Não tem ninguém, ninguém que vai conseguir destruir os meus planos, vou conseguir atingir as metas que tracei pra minha vida, e num adianta botar olho gordo não, porque tenho ao meu lado o homem mais poderoso, tenho comigo a presença e o amor do meu salvador, tenho o amor do meu Deus, e com Ele não tenho medo de nada...


Nat

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O Tempo de Deus!!!



Por mais que digamos que temos Fé; que acreditamos em Deus, há momentos que nos sentimos fracos, e chegamos a questionar algumas vezes a Sua existência. É comum isto ocorrer quando sofremos algumas decepções; quando passamos por alguma doença grave entres outras situações de sofrimentos.
Quando nos encontramos diante um problema sério em nossa família buscamos nas orações, numa maior participação de vida espiritual, no entanto a resposta não vem. No entanto, quando desanimamos e já começamos a acreditar que Deus não está ouvindo nossas orações as coisas começam a encontrar soluções. Parece que Deus nos ouviu. Resplandecemos de alegria e a dor do cansaço da espera passa rapidamente.
No curso de toda a nossa vida nos deparamos com uma realidade de perdas. Nesta, vitimamos e somos vitimados. Lamentamos as constantes quedas, as perdas frequentes de pessoas queridas...dos nossos amores... dos sonhos...do nosso próprio eu jovem. A mudança é inerente ao à vida e ao ser humano, no entanto, ela sempre nos surpreende, e a nós, cabe resisti-la, não aceitando-a ou minimamente lutando contra. Afinal, de certa forma, vivemos sobre o comodismo, e a mudança provoca medo e propõe desafios. Na atualidade, onde o mundo globalizado assume a cada dia, uma forma diversa, nos deparamos com tal necessidade e estranhamos... e muitas vezes, não respondemos a contento exatamente pelo fato de não termos tal preparo.
Viver é um processo, contanto que se confie e se entregue o caminho ao Senhor, afinal o relógio da providência divina nunca falha, no entanto, não atrasa ou adiante-se já que "tudo é no tempo de Deus". Que todo e qualquer servo de Deus não aceite se entregar à angustia.  Ele está no controle de todas as coisas, sendo evidente e necessário que devamos nos colocar a seus pés e por meio da oração, explanar as nossas necessidades reivindicando sempre que seja feita a sua vontade, afinal, não há pai que não queira o melhor para o seu filho.
O tempo de Deus não é o nosso, já diz Palavra, mas, nem sempre nos damos conta disto. Por outro lado, também é preciso que o sofrimento nos leve a um crescimento seja humano, seja espiritual, pois, se isto não ocorrer não valeu a pena passar por ele, pensando assim, devemos ter a sabedoria de enquanto estiver nele aprender com ele.
Quantas e quantas vezes saímos fortalecidos das dificuldades as quais atravessamos e tornamos outras pessoas? Quantas vezes um fato circunstancial é capaz de tornamos bem melhor que éramos, como, por exemplo, amadurecermos, sermos mais caridosos, amáveis, menos orgulhoso e egoísta, menos preconceituosos? Quantas vezes por determinados sofrimentos passamos a valorizar muito mais nossa dimensão espiritual?
A pedagogia de Deus é nos ensinarmos a crescer a partir de nós mesmo. Fazer com que percebamos nossos limites e que compreendamos que somos capazes de superar os obstáculos criados não raramente pelas nossas atitudes, comportamentos e falta de amor próprio.
Não conheço nenhuma pessoa que recorreu a Deus e que não tenha sido atendida. No entanto, é preciso entender que Ele age de maneira diferente para com cada filho. Pois, conhece cada um em particular, sabendo o tempo e o momento certo de agir. 
O que não podemos é perder-se diante do sofrimento, e querer buscar respostas onde elas não existam. A qualquer custo querer resolver um problema circunstancial que certamente no futuro poderá trazer consequências graves seja numa vida humana, seja na vida eterna.

Pe. Rudinei Zorzo

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Minha felicidade sou eu quem faço!



Como o meu Deus é maravilhoso!!! 
Passei por momentos que cheguei a não acreditar em sua existência, pensava que Ele havia me esquecido aqui, a mercê de pessoas que me deixaram sem rumo, sem sentimentos, sem orgulho e sem amor....
Minha dor sufocava meu peito, as lágrimas não pediam permissão para cair dos meus olhos,o nó era tão grande dentro da garganta que chegava machucar, tudo era tão vazio, estava desanimada, sem coragem de erguer a cabeça pra "tocar o meu barquinho para frente"... Mas sei que Deus só permitiu que eu chegasse ao fundo desse horrível posso, pois estando lá só tinha um lugar para eu ver e para eu ir, PRA CIMA.

E é de onde escrevo agora, estou aqui em cima, onde eu consigo ver que eu sou responsável pelas minhas atitudes, que a minha felicidade não está do meu lado, e sim dentro de mim, que se eu cair é com minhas próprias forças que vou me levantar, aprendi a não culpar ninguém por meus fracassos e  desilusões. Sou dona das minhas vitórias e também das minhas derrotas...

Tenho sempre escutado muitas coisas relativas ao tempo, “tudo tem seu tempo”, “no tempo certo vai acontecer”, “o tempo de DEUS é diferente do nosso”, no tempo, no tempo, no tempo, no tempo…
Com isso tenho passado a perceber que não existe um tempo grande ou pequeno, e sim o tempo necessário pra que a nossa “ficha” caia, um tempo pra que possamos ver realmente quem somos, o que queremos. Pois o mesmo tempo que cura, mata…

Sei como é difícil esperar o tempo certo para as coisas acontecerem, pois sou muito ansiosa e imediatista…Na verdade, quero tudo para ontem e saber esperar é sem dúvida um grande teste de paciência, mas estou fazendo a minha parte para que no TEMPO certo eu consiga colher os frutos que plantei em minha vida...

Agora quero mais do que nunca Recomeçar porque a partir de agora passo a aceitar as minhas derrotas de pé, e olhando pra frente, com a firmeza de uma mulher e não com a tristeza de uma criança," ...vou construir a minha estradas sobre qualquer terreno, pois o “piso” chamado futuro é incerto demais pra ser firme, e o passado tem buracos demais pra se tornar plano..."

Ao ler o texto "Encerrando Ciclos" de Fernando Pessoa me identifiquei com algumas de suas palavras e pensamentos e resolvi tirar do mesmo as coisas q me servem de aprendizado e de crescimento, mudei algumas coisithas mas o sentido é o mesmo. 

"Hoje sei que uma etapa de minha vida chegou ao final e por mais difícil que seja não vou mais insistir em permanecer nela, pois não quero perder a alegria e o sentido das outras etapas que virão e que preciso viver.

Encerrei um ciclo, fechei uma porta, virei uma página, terminei capítulos, não importa o nome, o que importa é que deixei no passado os momentos da minha vida que já acabaram.
Passei muito tempo me perguntando por que isso aconteceu, me recusava a caminhar enquanto não entendesse as razões que levaram certas coisas que eram tão importantes e sólidas em minha vida serem subitamente transformadas em pó. Mas essa atitude me causou um desgaste enorme pois enquanto todos continuaram suas vidas eu fiquei parada, presa ao passado.

O que passou não voltará, não posso ser eternamente uma menina que revive noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar. As coisa mudam, passam e o melhor que faço é deixar que elas realmente possam ir embora...

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: Por isso digo a mim mesma que o que passou, jamais voltará!
Houve uma época em que eu podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.

Agora eu quero encerrar esse ciclo. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente já não se encaixa mais na minha vida.
Vou fechar a porta, mudar o disco, limpar a casa, sacudir a poeira. Deixar de ser quem era, e me transformar em quem SOU. 

"Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão"


Não sou capaz de lembrar quantas vezes eu disse que não amaria mais. Nem sei mesmo se amei todas as vezes que disse que amei. Sei que sofri terrivelmente em cada término. Mas é uma delicia saber que passa, sempre passa . Por isso eu amo, e me perco, e me acho, e ressucito mil vezes com a alegria de quem viveu apenas uma vez. Mário Quintana escreveu: “É tão bom morrer de amor e continuar vivendo”




quinta-feira, 28 de julho de 2011

Cuide de seu jardim


….Muitas vezes. passamos um longo tempo de nossas vidas correndo desesperadamente atrás de algo que desejamos, seja um amor. um emprego, uma amizade, uma casa. etc.
Muitas vezes. a vida usa símbolos. acontecimentos que são sinais para que possamos entender que, antes de merecermos aquilo que desejamos, precisamos aprender algo de importante, precisamos estar prontos e maduras para viver determinadas situações.
Se isso está acontecendo na sua vida, pare e reflita sobre a seguinte frase:
“Não corra atrás das borboletas. Cuide do seu jardim e elas virão até você!”
Devemos compreender que a vida segue seu fluxo e que esse fluxo é perfeito. Tudo acontece no seu devido tempo. Nós, seres humanos. é que nos tornamos ansiosos e estamos constantemente querendo “empurrar o rio”. O rio vai sozinho, obedecendo o ritmo da natureza.
Se passarmos todo o tempo desejando as borboletas e reclamando porque elas não se aproximam da gente, mas vivem no jardim do nosso vizinho. alas realmente não virão. Mas se nos dedicarmos a cuidar de nosso jardim, a transformar o nosso espaço (a nossa vida) num ambiente agradável, perfumado e bonito. será inevitáveL. as borboletas virão até nós!
Dê o que você tem de melhor e a vida lhe retribuirá…! “

Um desejo perfeito!!!

Há certas horas, em que não precisamos de um Amor…
Não precisamos da paixão desmedida…
Não queremos beijo na boca…
E nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama…
Há certas horas, que só queremos a mão no ombro,
o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado…
Sem nada dizer…
Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga,
a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir…
Alguém que ria de nossas piadas sem graça…
Que ache nossas tristezas as maiores do mundo…
Que nos teça elogios sem fim…
E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade
inquestionável…
Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado…
Alguém que nos possa dizer:
Acho que você está errado, mas estou do seu lado…
Ou alguém que apenas diga:
Sou seu amor (seu amigo)! E estou Aqui!


Nascer de novo




“Existe uma história sobre a águia, uma história que diz que esta ave ao chegar à metade de sua vida aparenta já ter chegado ao fim, pois nessa idade seu aspecto em nada se assemelha ao da ave majestosa que foi em sua juventude. Nesta idade seu bico já se encontra grande e curvo demais, suas garras também se encontram muito grandes e curvas, assim como suas penas que crescem de forma irregular, uma atrapalhando o crescimento das outras, de forma que umas ficam grandes demais e outras caem antes do tempo.
Em um estado totalmente decrépito, a águia perde por completo sua eficiência como caçadora, qualidade fundamental para sua sobrevivência. Neste ponto a águia se defronta com um dilema: deve se entregar a tal estado e aguardar sua morte ou “renascer das cinzas” como a mitológica ave fênix?
Não aceitando tal condição, contrariando os limites impostos pelo seu próprio corpo, a águia voa até uma parte alta e isolada de um monte rochoso e começa a bater seu bico contra a pedra até que ele quebre e caia. Suportando a dor e o desconforto ela aguarda pacientemente um novo bico crescer, com esse novo bico ela arranca suas próprias garras, uma a uma, e mais uma vez aguarda que novas garras cresçam, por fim ela usa seu novo bico e suas novas garras para arrancar suas penas irregulares, deixando espaço para que novas penas possam nascer de forma harmônica.
Vencida a dor, a fome e o tempo a águia ressurge, inteiramente renovada, plenamente rejuvenescida, mais forte do que nunca, e uma caçadora ainda mais eficiente, com condições de fazer daquele ponto não o fim, mas apenas a metade de sua vida”.

Utilizei desse texto pra exemplificar um pouco do que se passa e passava comigo. Assim como a águia, por vezes a vida nos impõe estados de derrota, humilhação e fracasso, seja em nossa vida profissional, afetiva. Nesse momento assim como a águia poderemos escolher, entre aceitar as condições que a vida nos impõe, ou dizer a ela quem realmente somos, sendo esta última opção a mais difícil a ser tomada, pois irá nos exigir dor, sofrimento, privações, paciência e perseverança, preços a serem pagos por uma nova vida. Preço alto, pode ter certeza, pois somos julgados de forma implacável, de certo ponto mesmo que involuntária mente cruel. O que em muito momentos, me fez sentir “menor”, “inferior”, ou que o mundo que eu imaginava, as pessoas que imaginavam só existem na minha ilusão. Ilusão, porque não importa se você consegue fazer a outra pessoa feliz, e sim a “opinião” dos outros ao dizerem pra outra pessoa “você tem potencial pra mais”, já fui vitima disso, afinal quem quer um”quebrado” ao seu lado e ir passear de ônibus(kkkkkkk, hoje dou risada, pois me vejo maior que isso, mas na hora machuca demais). Então voltando ao assunto podemos aceitar esse duro desafio ou aceitar os desígnios da vida.
Eu acredito que podemos voar alto como as águias, e erguer nossas cabeças, sem medo em nosso olhar ou em nossos corações, mesmo diante os maiores desafios e adversários que a vida nos impuser. Pois se fizermos como as águias, se nos despirmos de nossa auto-piedade e estivermos dispostos a pagar o preço e assumir os riscos necessários para obter o controle de nossas próprias vidas, estaremos no topo da “cadeia alimentar” e nada mais nos trará medo, pois seremos senhores de nós mesmos, pois quando estamos nos afogando, não olhamos para o fundo, mas sim para superfície que é onde desejamos estar.
To entrando nesse estagio da águia, isolando, retirando de mim tudo aquilo que hoje não me ajuda, me prejudica e me impede de viver, esse processo não é simples, e até doloroso, mas assim como a águia, espero voltar de forma nova, não to fechando pra balanço, e sim pra reforma, não quero mais ter a sensação de que algo ou alguém não é pra mim, que estou aquém, ou que algo ou alguém me considere aquém. Não quero ser “aquém” de mim.
E eu Natália também quero viver como a águia, sei que preciso de tempo para que essa ferida aberta em meu coração se cicatrize e amanhã eu possa voar mais alto, erguer a minha cabeça e seguir sempre em frente...